"É amargo meu viver se passo o tempo pensando em mim mesmo (...)
É doce meu viver se passo o tempo pensando em Ti" Rabindranath Tagore

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Tesouros do coração



Onde eu tenha o coração
eu tenho a vida,
eu sou ação.
Então me leve, a Sua mão,
ao que me plena
a alma de ventura,
ao que me tira do chão...

Sem a armadura da paixão vazia,
eu vou à paz da entrega toda,
ao que me nutra,
ao que me ausenta
do que não sacia.

Pela força do que me liberta...
pela suficiência do que brilha...
pela essência do que me guarda

...em bênção.

---------------------------------------
Sentido, escrito e publicado
por Yohana.
---------------------------------------

Fonte da imagem:
Galeria de violinha

sábado, 13 de setembro de 2008

Da vida



Do que fala a canção mais linda
não diria eu.
Inútil toda medida
de traduzir, no breu,
a Canção da Vida!
Vem em ondas sutilíssimas
derramar-se às flores,
querer que se doe à face dos pequeninos
sorrisos doces,
que se lhes cuide os sonhos,
que se lhes compre as dores.
Pequena toda voz terrena
se outra maior te envolveu.
Mas do que fala a canção mais linda
não diria eu.

---------------------------------------
Sentido, escrito e publicado
por Yohana.
---------------------------------------

Fonte da imagem:
As aves na educação ambiental

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Reconhecimento



Porque eu reconheço
o Amor com que destinas,
ainda, toda Palavra Tua,
aquiesço.

Eu deixo contigo e Teus ventos
o que eu não sei, o que não tenho;
deixo a Teu tempo,
eu me contenho.

Indo por onde me esqueço
vou além, no Teu sustento.

---------------------------------------
Sentido, escrito e publicado
por Yohana.
---------------------------------------

Fonte da imagem:
Galeria de anginhamm

terça-feira, 9 de setembro de 2008

Aos olhos de quem?



(Dizei, aos olhos de quem
quereis ser vistos?
Ao olhos do mundo,
confusos, finitos,
se fordes o que destoa,
o que em Deus se ilumina,
sereis o louco,
o que vai à toa.)

Não sei como vês, meu Mestre,
o que vê o mundo.
Se vou por Ti, concluo
que o rumo dos loucos
é o Saber Profundo.
---------------------------------------
Sentido, escrito e publicado
por Yohana.
---------------------------------------

Fonte da imagem:
mongabay.com

domingo, 7 de setembro de 2008

Terra molhada



Assim é que a Tua Chuva
em mim é tão inteira:
quando faz que eu faça parte,
que eu me inclua
nas veias da terra,
que eu me alague
em sua essência;
que eu me comprometa
com o que me ilumina;
vagalume, centelha, menina
de alma limpa, germe forte.

---------------------------------------
Sentido, escrito e publicado
por Yohana.
---------------------------------------

Fonte da imagem:
mongabay.com

sábado, 6 de setembro de 2008

Passos e passarinhos.



Falta pouco para outro pensamento.
Falta sempre muito para outro movimento
mais profundo.
Não são minhas ainda
todas as minhas ruas.
Acendo suas luzes fracas
e tateio o tempo,
o espaço.
Sobram cadeias e laços.
Um céu de passos.
E passarinhos.

---------------------------------------
Sentido, escrito e publicado
por Yohana.
---------------------------------------

Fonte da imagem:
Galeria de Nadar

À vez das águas



Quando for a vez das águas
vou querer que encharquem
os meus sentidos.
Que misturem os meus olhos
ao seu pranto.
Que se confundam o tanto
de se perderem.

Grossas gotas de ternura
lavando o céu e a terra
dos que não respiram.

---------------------------------------
Sentido, escrito e publicado
por Yohana.
---------------------------------------

Fonte da imagem:
Galeria de Vihh

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Versando em Vida



E que todo adorno se desprendesse.
E o que se revelasse fosse puro como só
a própria ausência de artifício.
De alguma sorte, arte. De fato, fonte.
De onde a prece nunca se calasse,
o sonho nunca se perdesse.

Vindo do Teu canto, do qual seria só reflexo
esse grito hoje ainda rouco, pouco,
mas sempre mais apaixonado,
seria, nas mãos do Tempo, gestação e parto,
cultivando-se em Teu Tempo e ao Teu Verso,
transformando os erros em aprendizado.

---------------------------------------
Sentido, escrito e publicado
por Yohana.
---------------------------------------

Fonte da imagem:
mongabay.com

Quem sou eu

Minha foto
... uma alma apaixonada pela idéia da vida. Em qualquer de suas instâncias. Buscando, nalguma intensidade da arte, conhecer-se, amadurecer, conceber-se..

Digno

Ainda que toda palavra falte,
e toda ação pareça contida.
Ainda quando seja medida
a claridade, a música
que cadencia a vida.
Quando o sonho apresentar-se frágil,
e a esperança, tímida.
Quando eu seja mínimo,
e mínimo pareça o motivo.
Eu serei o que universa
a Sua força pelos meus sentidos.
O que O sabe nas próprias entranhas,
e reflete, na própria clausura,
para libertá-LO,
imperturbável, digno.
 

de alma Design by Insight © 2009

This template is brought to you by : temas blogspot - mario jogos