"É amargo meu viver se passo o tempo pensando em mim mesmo (...)
É doce meu viver se passo o tempo pensando em Ti" Rabindranath Tagore

sábado, 17 de outubro de 2009

Beijo de criança

O bem que faz o Teu querer,
e o Teu ensinamento,
que voz daria conta de dizer?
Mas pelo meu melhor eu Te agradeço,
o meu começo,
no pouco que eu posso ser.
E que assim seja, eu, tão mínimo,
Eu, em mim, aprendendo a viver,
pego a Tua mão, tão tímido,

há tanto o que ceder
de orgulho, vaidades e caprichos.

O Teu amor parece beijo de criança,
e a imensidão do mar molhando os pés...
Tudo isso é poesia, e é esperança!
Tudo isso é um pouco do que És!

(Me dizes por onde ir,
falas à minha intuição,
aos meus sentidos,
à minha razão.
E eu, que Te conheço
os caminhos,
a firmeza, o coração,
por Ti eu vou seguindo,
e vais comigo...)

O Teu amor parece beijo de criança,
E a imensidão do mar molhando os pés,
Estás tão perto, junto, dentro,
És em mim, em minha fé.

Quem sou eu

Minha foto
... uma alma apaixonada pela idéia da vida. Em qualquer de suas instâncias. Buscando, nalguma intensidade da arte, conhecer-se, amadurecer, conceber-se..

Digno

Ainda que toda palavra falte,
e toda ação pareça contida.
Ainda quando seja medida
a claridade, a música
que cadencia a vida.
Quando o sonho apresentar-se frágil,
e a esperança, tímida.
Quando eu seja mínimo,
e mínimo pareça o motivo.
Eu serei o que universa
a Sua força pelos meus sentidos.
O que O sabe nas próprias entranhas,
e reflete, na própria clausura,
para libertá-LO,
imperturbável, digno.
 

de alma Design by Insight © 2009

This template is brought to you by : temas blogspot - mario jogos